Claudia Raia em Conserto para Dois - Foto: Divulgação
Claudia Raia em Conserto para Dois - Foto: Divulgação

Claudia Raia encerrou o ano de 2019 com a bem sucedida turnê de seu duo Conserto para Dois, musical dividido com Jarbas Homem de Mello, que chegaria a São Paulo em meados de 2020 após turnê por cidades do Brasil e Portugal, não fosse a pandemia do novo Coronavírus

Fechando teatros e impondo o isolamento social ao redor do mundo, a pandemia fez com que uma série de artistas e técnicos ficassem sem fonte de renda para enfrentar o momento de isolamento.

Com a consciência do atual cenário e da falta de políticas públicas para a área, Cláudia Raia anunciou que manteria o pagamento dos salários da equipe que a acompanhava durante a turnê de seu espetáculo, de acordo com o site G1.

Durante coletiva de imprensa dada via aplicativo ZOOM para divulgar o lançamento da novela A Favorita no serviço de streaming da Rede Globo, Globo Play, Raia declarou: “Eu, como produtora de teatro, estou com minha equipe todinha parada e sendo remunerada. Eu simplesmente não aceito ter que mandar uma equipe inteira embora e contribuir com o desemprego.”

A atriz aproveitou para criticar a falta de políticas públicas para a área. “Nós estamos sem pai nem mãe completamente, já faz um tempo e agora com esse novo governo mais ainda, completamente abandonados. E isso me preocupa muito, porque realmente não tem uma luz no fim do túnel”.

Na terça-feira (26), a Câmara dos Deputados aprovou um auxílio emergencial para o mercado da cultura no valor de R$ 3 bilhões, a ser distribuído para artistas, espaços culturais e produtoras ao redor de todo o Brasil. O valor será retirado do Fundo Nacional de Cultura, e agora espera votação no Senado e sanção presidencial.