Ateliêr de Cultura anuncia produção de clássico Anything Goes no Brasil

Espetáculo, já anunciado outras vezes, abre audições para elenco principal e ensemble

Publicado em 18/11/2021 14:51
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos títulos mais incensados da Broadway clássica, Anything Goes foi anunciado como o próximo espetáculo a ser produzido pela Ateliêr de Cultura, responsável pela montagem de obras como Annie, Billy Elliot, Escola do Rock e Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolates, em cartaz no palco do Teatro Renault, em São Paulo.

Em parceria com a Bic Produções, fundada pelo produtor Vinicius Munhoz, sócio-diretor da Ateliêr, Anything Goes ganhará sua primeira produção brasileira após uma série de anúncios, sendo o primeiro, ainda na década de 1990, estrelado por Bibi Ferreira (1922-2019) sob a direção de Naum Alves de Souza (1942-2016).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nomes como Cláudia Raia, Marília Pêra (1943-2015) e Vanessa Gerbelli chegaram a ser cotados em produções anteriores que nunca saíram do papel. A nova produção, prevista para 2022, abriu audições para formar seu elenco, inclusive para os papéis protagonistas de Reno Sweeney, Hope Harcourt, Moonface Martin e Billy Crocker.

Escrito por Guy Bolton (1884-1979) e P. G. Wodehouse (1881-1975), Anything Goes se celebrizou pelas canções originais compostas por Cole Porter (1891-1964) que se tornaram sucessos da música popular norte americana, entre elas a canção-título, I Get a Kick Out of You, You’re the Top e Blow, Gabriel Blow, entre outras.

Produzida originalmente em 1931, a obra narra a história de Billy Crocker, que entra de gaiato a bordo de um navio e tenta conquistar o coração da herdeira Hope Harcourt, contando com a ajuda de seus amigos, a cantora de boate Reno Sweeney e o bon vivant Moonface Martin.

Desde sua montagem original na Broadway, Anything Goes já foi protagonizada por nomes como Ethel Merman (1908-1984), para quem o papel de Reno Sweeney foi escrito, Patti LuPonne e Sutton Foster, que, pelo papel, recebeu um Prêmio Tony de Melhor Atriz e retornou à personagem na remontagem em cartaz no West End, em Londres, substituindo a estrela Megan Mullally, originalmente anunciada para o papel.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio