Cantora e atriz potiguar, Juliana Linhares substitui Laila Garin em A Hora da Estrela

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Caberá a atriz e cantora potiguar, radicada no Rio de Janeiro, Juliana Linhares, substituir a também cantora e atriz, vencedora do Prêmio Shell, Laila Garin, na sessão de hoje, 12, do musical A Hora da Estrela ou O Canto de Macabéa, no Centro Cultural do Banco do Brasil, no Rio de Janeiro.

Linhares e Garin alternam o papel da protagonista Macabéa, a retirante nordestina que tenta ganhar a vida no Rio e se tornou a personagem mais famosa e popular da obra da escritora ucraniana (radicada no Brasil) Clarice Lispector.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Integrante da banda carioca Pietá, Juliana Linhares vem construindo carreira bastante profícua no cenário da música popular brasileira. Com o grupo, lançou dois discos, Leve o que Quiser (2015) e Santo Sossêgo (2019), além de desenvolver trabalho de atriz no cenário carioca, tendo se destacado na montagem musical de João Falcão para o clássico Gabriela Cravo e Canela, de Jorge Amado, e nas turmas das aulas ministradas por André Paes Leme, diretor do espetáculo baseado na obra de Lispector.

A Hora da Estrela ou o Canto de Macabéa fica em cartaz até o dia 10 de maio no Centro Cultural do Banco do Brasil, na região central do Rio de Janeiro. As canções originais foram compostas por Chico César e o elenco conta ainda com Cláudia Ventura e Cláudio Gabriel. As sessões acontecem de quinta-feira a domingo às 20h (quintas e sextas) e às 19h (sábados e domingos). Os ingressos custam de R$ 15,00 (meia) a R$ 30,00 (inteira).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio