Cássio Scapin e Tiago Abravanel estrelarão montagem de O Bem Amado com canções de Zeca Baleiro

Publicado em 29/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os atores Cássio Scapin e Tiago Abravanel estrelarão a nova montagem do clássico O Bem Amado, de Dias Gomes (1922-1999), que chegará aos palcos em 2022 em celebração do centenário do dramaturgo. A informação é da coluna da jornalista Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.

Scapin dará vida a Odorico Paraguaçu, o prefeito da fictícia cidade de Sucupira que, num ato populista, inaugura um cemitério superfaturado para que os cidadãos deixem de ir às cidades vizinhas enterrar seus mortos. O problema é que, ao inaugurar a obra, ninguém mais morre na cidade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para tanto, Paraguaçu contrata Zeca Diabo, matador de aluguel que assume o cargo de xerife da cidade e tem como função conseguir um defunto. A personagem será vivida pelo ator e cantor Tiago Abravanel. 

A encenação será dirigida por Ricardo Grasson e contará com canções inéditas assinadas pelo músico Zeca Baleiro em parceria com o dramaturgo vencedor do Prêmio Shell Newton Moreno.

A última montagem de O Bem Amado entrou em cena em 2010 estrelada por Marco Nanini sob a direção de Enrique Diaz e produção de Guel Arraes, que assumiu a adaptação do texto ao lado de Cláudio Paiva. Nanini dividia a cena com a Companhia dos Atores, encabeçada por Diaz ao lado de nomes como Susana Ribeiro, Bel Garcia, Raquel Rocha e Marcelo Olinto

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio