Centenário de Dias Gomes suscita corrida por direitos de obras do autor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Prestes a completar 100 anos, o  escritor e dramaturgo soteropolitano Dias Gomes (1922-1999) virou tema de uma disputa interna de produtores que, de olho nas comemorações de seu centenário, iniciaram uma corrida pelos direitos das obras teatrais do artista.

Entre os títulos estão obras como O Pagador de Promessas (1959), O Berço do Herói (1963) e, claro, o hit O Bem Amado, este que vem suscitando disputa entre duas produtoras que preferiram não se pronunciar sobre o caso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A ideia é que as obras entrem em pré-produção em 2021 para chegar aos palcos em 2022, a tempo de celebrar o centenário do autor de Roque Santeiro – que recebeu uma montagem revista e ampliada em 2016, com canções assinada por Zeca Baleiro, e pode voltar a ganhar os palcos em 2022. Quem viver…

Dias Gomes – Foto: Divulgação
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio