Charles Möeller e Claudio Botelho agendam para dezembro estreia de musical estrelado por Marcelo Serrado

Espetáculo é adaptação do filme homônimo de 1974, uma sátira de um clássico da literatura inglesa

Publicado em 27/09/2021 14:06
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A dupla de diretores Charles Möeller e Claudio Botelho anunciou, por meio da coluna do jornalista Ancelmo Góes, que agendaram para dezembro deste 2021 a estreia de O Jovem Frankenstein, musical baseado no filme homônimo escrito e dirigido por Mel Brooks em 1974. O autor também é um dos responsáveis pela adaptação teatral.

A produção já havia sido anunciada em 2018, quando a dupla assinou a remontagem do clássico A Noviça Rebelde, e será estrelada por Marcelo Serrado, que dá vida a um estudante de medicina que viaja até a Transilvânia para colocar em prática a teoria do avô de reanimar os mortos. Em cena, Serrado será acompanhado por Maria Clara Gueiros, Totia Meirelles, Marcos Caruso e Malu Rodrigues.

O Jovem Frankenstein é uma adaptação satírica de um dos maiores clássicos da literatura inglesa, o romance Frankenstein ou o Prometeu Moderno (1823), da romancista londrina Mary Shelley (1797-1851). A adaptação para os cinemas foi assinada por Brooks ao lado de Gene Wilder (1933-2016), com quem havia trabalhado nas filmagens de Primavera para Hitler (1968), que, em 2001, deu origem ao musical Os Produtores, um dos maiores clássicos da Broadway moderna.

Quando foi anunciada, a produção aportaria no palco do Teatro Renault, em São Paulo. Entretanto, não há confirmação se a obra estreará mesmo na capital paulista ou no Rio de Janeiro. Esta será a segunda colaboração entre Serrado e a dupla Möeller e Botelho. O ator já havia composto o elenco da remontagem de A Noviça Rebelde, e, anos antes, co-estrelou a adaptação musical de Miguel Falabella do romance Memórias de um Gigolô, de Marcos Rey (1925-1999).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio