Home Destaque Charles Möeller revela exigência de Stephen Sondheim sobre legendas em português de West Side Story

Charles Möeller revela exigência de Stephen Sondheim sobre legendas em português de West Side Story

0
Charles Möeller revela exigência de Stephen Sondheim sobre legendas em português de West Side Story
Charles Möeller revelou desejo de Stephen Sondheim sobre West Side Story nos cinemas brasileiros

O diretor Charles Möeller revelou, em post em seu perfil oficial no Instagram, que uma das exigências do compositor Stephen Sondheim (1930-2021) acerca do lançamento brasileiro do incensado filme West Side Story, dirigido por Steven Spielberg e com letras do titã da Broadway, fosse que as legendas das canções utilizassem as versões feitas por Cláudio Botelho para a produção da nova montagem do espetáculo, que chega ao Brasil no segundo semestre de 2022.

Botelho, que já assinara versões para o musical em 2008, quando a obra ganhou montagem assinada por Jorge Takla, também é o responsável pelas versões da produção que dirige ao lado de Möeller e deve cumprir temporada no Theatro São Pedro, em São Paulo.

As versões das canções apresentadas nas legendas têm sido alvo de sucessivas reclamações nas redes sociais, onde internautas se queixam de alteração nos sentidos das letras originais. Em seu post – elogiando o filme em cartaz no Brasil desde o dia 09 de dezembro, Möeller opina sobre o fato de musicais serem feitos por adoradores, criticando quem “tenta reinventar a roda”.

Clássico da Broadway que se tornou um dos grandes sucessos do cinema no século XX, West Side Story ganhou uma nova versão neste 2021 que, embora não tenha alcançado o sucesso de público desejado, deverá constar em todas as premiações, com destaque para o Oscar. Nos cinemas, a obra é protagonizada por Rachel Ziegler, Ansel Elgort e Ariana DeBose, além da participação de Rita Moreno, que ganhou um Oscar em 1962 por dar vida à personagem Anita no filme original.

Já a montagem brasileira assinada pela dupla Möeller e Botelho será protagonizada por Beto Sargentelli, Giulia Nadruz e Ingrid Gaigher. O musical conta com canções assinadas por Leonard Bernstein (1918-1990), letras de Sondheim e dramaturgia de Arthur Laurents (1917-2011).