Cia. de Repertório Rodriguiana anuncia festival e montagem de todas as obras de Nelson Rodrigues

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Companhia surgida em meio a pandemia do Coronavírus, a Cia. de Repertório Rodriguiana iniciou em 2020 um processo de recuperação da memória do dramaturgo e jornalista pernambucano Nelson Rodrigues (1912-1980) nas redes sociais como forma de apresentá-lo a novas gerações além de manter um acervo digital de informações sobre sua produção dramatúrgica.

Agora, a companhia capitaneada pelo diretor e pesquisador Marco Antônio Braz se joga no universo digital com a estreia da primeira edição do Festival da Tragédia Brasileira, no qual dirige a leitura encenada de três peças e dois contos escritos pelo autor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A partir de hoje, a companhia dá início ao projeto que conta com a leitura dos espetáculos Álbum de Família (1956), Perdoa-me por me Traíres (1957) e A Serpente (1978), além dos contos A Sogra Peluda e Obsessão Preta, publicados na coleção A Vida como Ela É.

Além dos títulos que compõem a programação do festival, a companhia também anuncia a temporada de duas leituras online: Toda Nudez Será Castigada (1965), apresentada entre os dias 12 e 14 de abril, enquanto Viúva, Porém Honesta (1957) fica em cartaz de 15 a 17. Ambos os espetáculos contam com sessões duplas às 15h e às 19h.

Já no dia 26 de abril, Marco Antônio Braz inicia o projeto Psicanálise de Botequim, no qual conversa sobre a obra de Nelson Rodrigues com uma série de convidados. O primeiro será o jornalista e biógrafo do dramaturgo, Ruy Castro (autor d o livro O Anjo Pornográfico). O bate-papo acontece às 22h. Já no dia 27, no mesmo horário, Braz ministra aula magna sobre a obra de Rodrigues.

Todas as transmissões são gratuitas e acontecem no canal oficial da Companhia no YouTube. O (numeroso) elenco das leituras conta com nomes como Miriam Mehler, Lucélia Santos, Renato Borghi, Nilton Bicudo, Riba Carlovich, Flávia Pucci, Mauro Schames, Eduardo Silva, entre (muitos) outros.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio