Com caso de Covid, elenco adia estreia de peça com Totia Meirelles, Grace Gianoukas e Leona Cavalli

Espetáculo estrearia neste sábado, mas foi adiado para fevereiro

Publicado em 25/01/2022 10:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não tivesse a pandemia do Coronavírus atingido novo patamar de contaminações, resultante da variante ômicron, o espetáculo Procuro o Homem da Minha Vida, Marido já Tive, adaptação do best seller homônimo da escritora argentina Daniela Di Segni, teria chegado ao palco do Teatro J. Safra, em São Paulo, na última sexta-feira, 21.

Contudo, a crise sanitária atrasou o cronograma do diretor Eduardo Figueiredo, que precisou adiar sua estreia para a semana seguinte. Agendada para o dia 28, a obra foi adiada em um dia e chegaria ao palco no sábado, 29. Entretanto, uma nova alteração fez com que a previsão de a obra ver a luz do refletor seguisse para janeiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das atrizes do elenco formado por Totia Meirelles, Grace Gianoukas, Leona Cavalli e Maurício Machado, testou positivo para a Covid-19 há dez dias, o que impediu que os ensaios acontecessem dentro do prazo estipulado.

A estreia do espetáculo ficou agendada, portanto, para o dia 04 de fevereiro, também sexta-feira. Sob a adaptação de Claudia Valli, Procuro o Homem da Minha Vida, Marido já Tive enfoca o depoimento de mulheres acima dos 50, todas com pelo menos um casamento, e que narram as aventuras que tiveram em busca do chamado “homem ideal”. Meirelles, Gianoukas e Cavalli, assim como Machado, dão vida a mais de uma personagem.

A montagem fica em cartaz – inicialmente – até o dia 06 de março, com sessões de sexta a domingo às 21h (sextas e sábados) e às 20h (domingos). Os ingressos custam de R$ 20,00 (meia) a R$ 100,00 (inteira).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio