Com ingressos esgotados em menos de 24h, Gota D’Água [Preta] faz única apresentação no Municipal

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Musical escrito por Chico Buarque e Paulo Pontes para Bibi Ferreira em 1975, Gota D’Água foi ressignificado neste ano de 2019 com um novo epíteto. Em Gota D’Água [Preta], espetáculo dirigido e idealizado por Jé Oliveira, não apenas o elenco em sua maioria é negro, como também signos e contemporaneidades das comunidades são adicionadas para atualizar a obra criada por Pontes e Buarque.

Sucesso unânime de público desde que estreou em janeiro deste ano de 2019, Gota D’Água [Preta] angariou indicações para dois dos prêmios mais importantes do teatro nacional, o Shell e o APCA, e segue para mais um feito. O musical se apresenta no próximo dia 29 de julho, segunda-feira, no Theatro Municipal de São Paulo, na zona central da capital.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Entretanto, quem pretendia se deslocar até o espaço mais tradicional do teatro paulistano, não terá chance, visto que os ingressos para a apresentação se esgotaram em menos de 24 horas. A cantora Juçara Marçal assume o papel de Joana, a Medeia da comunidade Vila do Meio Dia, imortalizada por Bibi Ferreira.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio