Home Destaque Diva do underground paulistano, Phedra D. Córdoba ganha peça sobre entrevistas com Miguel Arcanjo Prado

Diva do underground paulistano, Phedra D. Córdoba ganha peça sobre entrevistas com Miguel Arcanjo Prado

0
Diva do underground paulistano, Phedra D. Córdoba ganha peça sobre entrevistas com Miguel Arcanjo Prado
Entrevista com Phedra | Foto: Annelize Tozetto

Atriz trans que se notabilizou como um dos melhores expoentes do teatro de revista latino americano do século XX, a cubana Phedra de Córdoba chegou ao Brasil em 1958, atendendo a um convite de Walter Pinto, um dos mais importantes empresários do teatro carioca entre as décadas de 1940 e 1960.

Sua carreira, contudo, só foi definitivamente reconhecida em 2003, quando passou a integrar a companhia paulistana de teatro Os Satyros, fundada por Rodolfo García Vázquez e Ivam Cabral. A partir de então, tornou-se a diva da Praça Franklin Roosevelt, onde a sede da companhia de mantém até hoje, construindo uma trajetória teatral que influenciou uma série de jovens artistas e outros profissionais das artes, entre eles o jornalista Miguel Arcanjo Prado, que estreia como dramaturgo na noite de hoje, 08, no Espaço Satyros Um.

Em Entrevista com Phedra, Arcanjo põe em cena o registro de seus encontros com a diva cubana morta em 2016 aos 77 anos de idade. Na peça, o dramaturgo traça uma espécie de perfil biográfico de Córdoba através das palavras da diva, interpretada em cena por Márcia Dailyn, atriz que se notabilizou como a primeira bailarina trans do Theatro Municipal de São Paulo, e hoje carrega o título de diva da Praça Franklin Roosevelt.

O papel do jornalista ficará a cargo de Raphael Garcia e a direção é dividida pelo ator e diretor argentino Juan Manuel Tellategui com o diretor Robson Catalunha, a quem a atriz chamava de “pequeno notável”.  Entrevista com Phedra recebeu sua primeira leitura pública em 2016, pouco após a morte da diva, durante o evento anual Satyrianas.

A temporada segue até o dia 02 de setembro, no Espaço Satyros Um, todas as segundas-feiras às 21h. Os ingressos custam R$ 40,00.