Em meio a polêmicas, Silvio Santos ganha musical biográfico dirigido por Fernanda Chamma

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Comunicador que construiu um império entre as décadas de 1980 e 1990, Silvio Santos se tornou um dos nomes – senão o nome – mais populares do Brasil, reinventando os programas de auditório e sabendo, como ninguém, identificar os signos do entretenimento que fizeram do público um massivo séquito de seguidores ao longo de décadas.

Ao longo dos últimos anos, contudo, a figura do apresentador vem se tornando persona non grata frente a nova revolução de costumes promovida por uma nova geração que não tem mais deixado passar impunemente ações de misoginia, machismo, racismo, entre outros preconceitos geralmente sublinhados pelo apresentador em seu programa dominical. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em meio a última polêmica, quando decidiu não dar um prêmio de canto a uma cantora negra que venceu o voto popular, é anunciado o espetáculo Silvio Santos Vem Aí, musical com estreia agendada para 13 de março no 033 Rooftop, no Teatro Santander, na Vila Olímpia, zona sul de São Paulo.

O espetáculo é a primeira produção da Paris Cultural, braço teatral da Paris Filmes, e será dirigido por Fernanda Chamma, coreógrafa vertida em diretora que já assinou espetáculos como Heathers – O Musical e Aparecida – Um Musical. Com texto assinado por Marília Toledo e Emílio Boechat, o espetáculo contará com a direção musical de Marco França.

O ator e autor do espetáculo Brilha La Luna, atualmente em cartaz no Rio de Janeiro, Diego Montez, dará vida ao apresentador e ex-jurado do Programa Silvio Santos”, Wagner Montez, seu pai.

Resta saber se o espetáculo dará conta das polêmicas do apresentador, ou se manterá o caráter edificante da memória afetiva acerca da carreira do señor Abravanel.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio