Home Destaque Guilherme Sant’Anna volta aos musicais ao assumir antagonista em musical estrelado por Rodrigo Lombardi

Guilherme Sant’Anna volta aos musicais ao assumir antagonista em musical estrelado por Rodrigo Lombardi

0
Guilherme Sant’Anna volta aos musicais ao assumir antagonista em musical estrelado por Rodrigo Lombardi
Guilherme Sant'Anna em Cartola's Jazz | Foto: Ricardo Gutierrez

Um dos principais nomes do teatro paulistano, com carreira construída sobre as estruturas do Grupo Tapa, o vencedor do Prêmio Shell Guilherme Sant’Anna retornará, em 2022, aos musicais com a estreia de Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet. Na obra de Hugh Wheeler (1912-1987) e Stephen Sondheim (1930-2021), Sant’Anna dará vida ao antagonista da história, o corrupto juiz Turpin.

Na obra, o barbeiro Benjamin Barker é exilado da Inglaterra quando Turpin se vê apaixonado por sua esposa, a jovem Lucy. Anos após ser preso, Barker retorna à Londres em busca de vingança com o nome fictício de Sweeney Todd, e conta com a ajuda de Dona Lovett, uma confeiteira sem talento que o convence a matar os clientes de sua nova barbearia para que sirvam de recheio para suas tortas.

Montado originalmente em 1978 na Broadway, o musical ganhará sua primeira produção oficial no Brasil em março, quando estrear no 033 Rooftop, em São Paulo, estrelado por Rodrigo Lombardi sob a direção de Zé Henrique de Paula.

Sant’Anna, que destacou sua participação em musicais com a montagem de O Homem de La Mancha, sob a direção de Miguel Falabella, retorna aos palcos acompanhado de Lombardi (que também retorna ao gênero após sete anos, após sua breve passagem por Urinal – O Musical, também sob a direção de Zé Henrique de Paula).

Vencedor de nove Prêmios Tony, Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet já foi adaptado para o cinema em (fraca) produção assinada por Tim Burton e estrelada por Johnny Depp e Helena Bonham Carter. No Brasil, a montagem contará com elenco formado por Andrezza Massei (no papel de Lovett), Caru Truzzi, Dennis Pinheiro, Amanda Vicente, Mateus Ribeiro, Pedro Navarro, Bel Barros, David Novaes, Diego Lury, Edmundo Vitor, Pamella Machado, Sofie Orleans, Renato Caetano, Pedro Silveira e Elton Towersey sob a direção musical de Fernanda Maia.