Herson Capri retorna aos palcos em A Morte do Caixeiro Viajante

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ator que se destacou em curta participação na novela Órfãos da Terra na pele do vilão Aziz, Herson Capri já tem sua volta ao teatro agendada. O ator deverá estrear nos palcos entre o segundo semestre de 2019 e o início de 2020 A Morte do Caixeiro Viajante, peça clássica do dramaturgo norte americano Arthur Miller, escrita originalmente em 1949.

Sob a produção da Mamberti Produções, o espetáculo deverá estrear em 2020 em São Paulo e seguir em turnê pelo Brasil a exemplo do que foi a montagem anterior da produtora, Um Panorama Visto da Ponte. A ideia de convidar o ator para dar vida a Willy Loma no espetáculo foi de Sérgio Mamberti, que, diferente da produção anterior, não estará em cena nesta montagem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Morte do Caixeiro Viajante é considerado um dos clássicos do teatro moderno. Na obra de Miller, a personagem principal precisa lidar com os dramas no cenário social e no âmbito familiar, enquanto busca uma forma de vencer na vida e sustentar sua família. A pressão entre estes dois pontos o levam ao suicídio, fazendo do espetáculo uma crítica ao sonho americano e fazendo de Miller um dos dramaturgos mais importantes de sua geração.

Essa é a segunda passagem do ator pelo texto. Em 1977 o ator
compôs o elenco da montagem que aportou em São Paulo. A última encenação
marcante da obra no Brasil foi há 16 anos, em 2003, com Marco Nanini na pele da
personagem vivida nesta nova montagem por Capri, e sob direção de Felipe
Hirsch. O diretor e ator Zé Henrique de Paula deverá assumir a direção da nova
versão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio