Jandira Martini vai em busca do bonde perdido em solo em que reflete sobre a finitude

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Há oito anos longe dos palcos, Jandira Martini arquiteta seu retorno ao tablado com a montagem de Em Busca do Bonde Perdido, texto autoral no qual a artista reflete sobre a finitude ao se deparar com o diagnóstico de uma doença. A perspectiva do fim, a joga de volta ao ofício que tanto ama e que há muito não desempenhava.

Sob a direção de Elias Andreato, o solo ainda não tem data de estreia confirmada, mas o texto já contou com leitura pública em fevereiro de 2020 dentro de ciclo de leituras promovido pelo Teatro Vivo, em São Paulo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O espetáculo teve sua produção atrasada devido a pandemia do Coronavírus. Martini, inclusive, deve alterar o título do espetáculo para Casaco de Astracan Verde. Quem viver…

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio