Home Destaque Kleber Montanheiro arquiteta adaptação teatral de Tatuagem, clássico filme de Hilton Lacerda

Kleber Montanheiro arquiteta adaptação teatral de Tatuagem, clássico filme de Hilton Lacerda

0
Kleber Montanheiro arquiteta adaptação teatral de Tatuagem, clássico filme de Hilton Lacerda
O diretor Kleber Montanheiro | Foto: Divulgação

Filme lançado em 2013 e responsável por abocanhar três prêmios Kikito do Festival de Gramado, Tatuagem ganhará sua primeira adaptação teatral em 2022. Ao menos estes são os planos do encenador Kleber Montanheiro, que montará a obra ao lado de sua Companhia de Revista como o segundo título de sua trilogia Conexão São Paulo – Pernambuco, iniciada em 2021 com a incensada encenação de Nossos Ossos.

O filme narra a história de uma companhia de teatro intitulada Chão de Estrelas, que se apresenta entre duas cidades do Nordeste brasileiro em 1978, durante o período da ditadura militar, com espetáculos que enfrentam o regime ditatorial. Em meio à preparação de um novo espetáculo, a companhia recebe a visita do primo de uma de suas componentes, um jovem militar de 18 anos de idade.

A partir deste encontro, o jovem se envolve com o diretor da companhia promovendo um choque de mundos e visões acerca da política, da arte e do modo de levar a vida de cada um deles. A montagem deve estrear entre o final do primeiro semestre e início do segundo em 2022.

Em paralelo, a Companhia de Revista reestreia Nossos Ossos, o espetáculo baseado no romance inicial da trajetória de Marcelino Freire, a partir de 15 de janeiro no palco de sua sede, no Centro de São Paulo. As sessões acontecem aos sábados e domingos, às 21h30 e às 19h, respectivamente, até o dia 06 de fevereiro. Os ingressos custam de R$ 20,00 (meia) a R$ 40,00 (inteira).