Laila Garin e Chico César estreitam laços artísticos com álbum baseado em Lispector

Dupla se prepara para lançar registro inédito com repertório de musical A Hora da Estrela

Publicado em 28/01/2022 15:57
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As afinidades artísticas entre a atriz e cantora baiana Laila Garin e o cantor, músico e compositor paraibano Chico César saltaram aos ouvidos do público atento que, ainda no acender das luzes de 2020, conseguiu conferir a estreia de A Hora da Estrela ou O Canto de Macabéa, musical que estreou no Centro Cultural do Banco do Brasil, no Rio de Janeiro, mas teve sua temporada suspensa após a explosão da pandemia do Coronavírus.

Adaptado do derradeiro romance A Hora da Estrela (1977), de Clarice Lispector (1920-1977), o musical conta com canções inéditas compostas por César e é estrelado por Garrin no papel da retirante Macabéa, que sonha ser uma estrela de cinema. Sob a direção e adaptação de André Paes Leme e com elenco formado ainda por Cláudia Ventura e Cláudio Gabriel, o espetáculo chegou a cumprir temporada digital, mas ainda aguarda a chance de retornar aos palcos com a pompa devida.

Prestes a cumprir curtíssima temporada no palco do Sesc Santana, em São Paulo, A Hora da Estrela ou O Canto de Macabéa chega, antes, ao disco. Entretanto, diferente dos registros de espetáculos (cada vez mais raros no Brasil), o álbum com o (excelente) repertório do espetáculo não será interpretado pelo elenco, mas sim por seu autor, César, em parceria com Garrin, marcando o primeiro encontro fonográfico da dupla.

Nas plataformas digitais na tarde desta sexta-feira, 28, o single Vermelho Esperança (Chico César) anuncia o álbum com lançamento previsto para o final de fevereiro, início de março. A produção é assinada pelo próprio compositor sob realização da Sarau Agência.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio