Observatório do Teatro elege os destaques do primeiro semestre de 2021

Atores, atrizes, figurinistas, cenógrafos (as), iluminadores (as) e diretores (as) que se destacaram no primeiro semestre surgem nesta lista de destaques

Publicado em 9/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Se 2020 foi ano atípico para o mundo, em especial para a cultura das artes ao redor do mundo, 2021 não aventou mudanças tão promissoras, ao menos em seu primeiro semestre, como se previa no final do ano anterior. As produções seguiram com força semelhante no cenário online e, a despeito de um número crescente de obras retornando ao palco longe das transmissões digitais, um cenário de normalidade ainda está muito distante.

Tendo em vista a situação ainda atípica, tal qual em 2020, o Observatório do Teatro publica sua lista de destaques entre as obras avaliadas no período de janeiro a 30 de junho de 2021. Em respeito aos profissionais das artes, o portal buscou acompanhar o maior número possível de obras online e aquelas que se mantiveram em cartaz em teatros da capital.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira abaixo a seleção de Destaques do 1º Semestre de 2021:

Desenho de Luz Destaque

Matheus Brant – Desfazenda, Me Enterrem Fora Desse Lugar

João Caldas – Terra Medeia

André Grynwask e Pri Argound – John e Eu

César Pivetti – O Último Concerto para Vivaldi

Bruno Cerezoli – 180 Dias de Inverno

.

Cenografia

Renato Bolelli e Beto Guilger – 180 Dias de Inverno

Cristina Cavalcanti – Amanhã eu Vou

André Grynwask – Diplomacia

André Grynwask e Pri Argoud – Não se Mate, Chegou um Tempo em que a Vida é uma Ordem

.

Figurino

Paolo Mandatti – 180 Dias de Inverno

Fábio Namatame – Peixe Fora D’Água

Telumi Hellen Yamanaka – Sede

Sara Antunes – Dora

Coletivo Takamakina de Teatro – Viva Cacilda! Felicidade! Guerreira!

.

Direção Musical/ Trilha sonora

Dani Nega – Desfazenda, Me Enterrem Fora Desse Lugar

César Mello – Peixe Fora D’Água

DW Ribatski – Não se Mate – Chegou um Tempo em que a Vida é uma Ordem

Kiko Rieser – Quando as Máquinas Param

Barulhista – 180 Dias de Inverno

.

Dramaturgia Destaque

Giovani Tozi – Não se Mate – Chegou um Tempo em que a Vida é uma Ordem

Lucas Moura – Desfazenda, Me Enterrem Fora Desse Lugar

Fernando Kinas – Os Grandes Vulcões

Lenise Pinheiro sob obra de Zé Celso – Viva Cacilda! Felicidade! Guerreira!

Luis Lobianco – Macbeth 2020 Doc. Tragicômico

.

Direção Destaque:

Cristina Cavalcanti – Amanhã eu Vou

Roberta Estrela D’Alva – Desfazenda, Me Enterrem Fora Desse Lugar

Bim de Verdier – Terra Medeia

Lenise Pinheiro – Viva Cacilda! Felicidade! Guerreira!

Fernando Kinas – Os Grandes Vulcões

.

Ator Coadjuvante Destaque

Daniel Ortega – Terra Medeia

Daniel Infantini – In Extremis

Réggis Silva – Human Animals

Pedroca Monteiro – Macbeth 2020 Doc. Tragicômico

Fabrício Pietro – Sede

.

Atriz Coadjuvante Destaque

Bim de Verdier – Terra Medeia

Tuna Dwek – Hell Center

Andrea Dantas – Hell Center

Noemi Marinho – Human Animals

Amazyles de Almeida – O Último Concerto para Vivaldi

.

Ator Destaque:

Filipe Celestino – Desfazenda, Me Enterrem Fora Desse Lugar

Giovani Tozi – Peixe Fora D’Água

Luis Lobianco – Macbeth 2020 Doc. Tragicômico

Ailton Barros – Desfazenda, Me Enterrem Fora Desse Lugar

André Kirmayr – Quando as Máquinas Param

.

Atriz Destaque:

Marina Esteves – Desfazenda, Me Enterrem Fora Desse Lugar

Nicole Cordery – Terra Medeia

Isabella Lemos – Viva Cacilda! Felicidade! Guerreira!

Carolina Stofella – Louca

Fernanda Azevedo – Os Grandes Vulcões

.

Espetáculo Destaque

Desfazenda – Me Enterrem Fora Desse Lugar

Terra Medeia

Os Grandes Vulcões

Viva Cacilda! Felicidade! Guerreira!

Amanhã eu Vou

Não se Mate – Chegou um Tempo em que a Vida é uma Ordem

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio