Premio Aplauso Brasil de Teatro
Premio Aplauso Brasil de Teatro

A (prematura) saída de cena do jornalista, ator e crítico de teatro Michel Fernandes (1975-2020) em meados de maio pegou toda a classe teatral de surpresa enquanto ainda se tentava compreender a sobrevivência artística e financeira de profissionais do meio durante a pandemia do novo Coronavírus.

Vítima de um ataque cardíaco, Fernandes deixara como principal legado o pioneiro site Aplauso Brasil – o primeiro na cobertura exclusiva de teatro no Brasil – que se desdobrou em conceituado prêmio que há quase uma década laureia artistas de diversas áreas dentro do teatro paulistano.

Com a partida de seu idealizador, o futuro do prêmio se tornou uma incógnita na agenda teatral. Até o momento. Em vídeo publicado na manhã deste domingo, a jornalista, crítica de teatro e co-produtora do Prêmio Aplauso Kyra Piscitelli anunciou a continuidade da premiação como forma de manter o legado de seu criador.

Com a votação popular já aberta (e encerrada), Piscitelli deixou claro que ainda falta um encontro de jurados para definir os vencedores de cada categoria, indicados ainda no início deste 2020. Ainda não há data ou confirmação de uma cerimônia, mas a produtora acenou para que fossem celebradas as criações digitais para além dos indicados em cada categoria usual.