Prêmio Eva Sopher homenageia os 160 anos do Theatro São Pedro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Fundação Theatro São Pedro realizou na noite desta sexta-feira (14), no Memorial Theatro São Pedro, a primeira edição do Prêmio Eva Sopher (antigo Troféu Top Cultura). O evento marca o encerramento das comemorações de 160 anos do complexo de cultura localizado em Porto Alegre (RS). Na ocasião aconteceu a entrega de sete troféus para personalidades e organizações que se destacaram no cenário cultural do estado.

O nome da premiação é uma homenagem a uma das ex-presidentes da fundação, a alemã Eva Sopher (1923-2018). Ela faleceu aos 94 anos no dia 7 de fevereiro. Dona Eva, como era conhecida, teve um papel de atuação importante para a cultura do Rio Grande do Sul. Ela Chegou ao Brasil com sua família aos 13 anos de idade para fugir do regime nazista. Então, a partir de 1960, em Porto Alegre, começou a trabalhar pela reorganização das atividades culturais da Capital até que em 1975 assumiu a direção do Theatro São Pedro. Ali ela coordenou as obras de reconstrução do prédio histórico fundado em 1858.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os vencedores da primeira edição do prêmio Prêmio Eva Sopher foram:

O escritor Carlos Jorge Appel que é um dos responsáveis pela criação da Casa de Cultura Mário Quintana. A diretora de teatro Maria Helena Lopes. O diretor teatral Luciano Alabarse, que foi um dos fundadores do Grêmio Dramático Açores (ligado ao Teatro de Arena). E o presidente da Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul Gilberto Schwartzmann. Já as organizações que receberam o troféu foram: Câmara Riograndense do Livro, Serviço Social do Comércio – SESC e Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS.

Após a cerimônia, os presentes foram convidados para assistir ao espetáculo Peça de Casamento, do norte-americano Edward Albee. Ela que encerra a programação 2018 do Theatro São Pedro, com os atores Eliane Giardini e Antônio Perez Gonzales, com direção de Guilherme Weber. A montagem estará em cartaz até domingo, 16 de dezembro, às 21h.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio