Prêmio Shell do Rio de Janeiro anuncia vencedores de sua 32º edição em cerimônia online

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agendada originalmente para ter acontecido em 23 de março, a 32º edição do Prêmio Shell do Rio de Janeiro divulgou na noite de hoje, 16, um vídeo em seu canal oficial do Youtube no qual anuncia, por meio de uma cerimônia concisa comandada por Vilma Melo e Leopoldo Pacheco, os nove vencedores da temporada carioca de 2019.

A ação se deu, de acordo com comunicado lido no início da premiação, em respeito aos profissionais indicados a premiação neste ano de 2020, e que não puderam saber o resultado na data previamente estipulada devido a pandemia do novo coronavírus.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira abaixo a lista completa de vencedores, que consagrou o espetáculo Oboró – Masculinidades Negras como o grande vencedor da edição, com dois prêmios nas categorias Melhor Figurino e Melhor Dramaturgia. 

Nesta edição, o corpo de jurados foi formado por Ana Achcar, Ana Luisa Lima, Bia Junqueira, Moacir Chaves e Patrick Pessoa. O grande homenageado foi o ator, diretor e dramaturgo Pedro Paulo Rangel, indicado pela dramaturgia de O Ator e o Lobo. Confira também a cerimônia completa (vídeo abaixo).

Melhor Iluminação

Rogério Wiltgen – A Cor Púrpura

Melhor Figurino

Wanderley Gomes – Oboró Masculinidades Negras

Mehor Música

Wladimir Pinheiro – As Comadres

Melhor Cenário

Fernando Melo da Costa – Solo

Inovação

Terreiro Contemporâneo

Melhor Dramaturgia

Adalberto Neto – Oboró Masculinidades Negras

Melhor Direção

Miwa Yanagizawa – Nastácia

Melhor Ator

Ricardo Kosovski – Maracanã

Melhor Atriz

Analu Prestes – As Crianças

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio