Prestes a chegar à rede, plataforma orquestra valorização e difusão do teatro indígena nacional

Projeto idealizado por Andréa Duarte e Ailton Krenak e apresentará programação gratuita

Publicado em 24/11/2021 09:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A partir do dia 26 de novembro, entra em cena a TePI, plataforma voltada para a documentação, difusão e valorização da memória e de produções contemporâneas e inéditas do teatro ligado aos povos indígenas. Com curadoria assinada pela diretora artística Andreia Duarte e pelo escritor e filósofo Ailton Krenak.

Além de um evento de lançamento, agendado para às 17h, com a presença da Secretária de Cultura da cidade de São Paulo Aline Torres e do Diretor Geral da rede Sesc, Danilo Santos de Miranda. Já às 19h, a plataforma transmite o espetáculo chileno TREWA, obra documental que narra o assassinato de Yudith Macarena e retrata a violência contra o povo Mapuche pelo Estado do Chile. A direção é assinada por Paula González Seguel, componente dos Mapuche.

A Plataforma TePI também prevê em sua programação uma Mostra Artística, com espetáculos nacionais e internacionais, além de atividades chamadas de Atos de Cura, e encontros online com artistas e pensadores indígenas e não indígenas para discutir temas como o mercado cultural, ambientalismo e espiritualidade.

Entre novembro de 2021 e março de 2022, o projeto prevê a realização de pelo menos 71 eventos. Os ingressos são gratuitos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio