Programa Municipal de Fomento ao Teatro elege comissão e gera conflito em rede de produtores independentes

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Foi divulgada na tarde de hoje, 18, a lista de profissionais
eleitos para compor o quadro da comissão do Programa Municipal de Fomento ao
Teatro da cidade de São Paulo. Foram selecionados três candidatos, Tiche Vianna
e Judson Cabral, cada um cm 17 votos, e Salloma da Silva, com 15 votos.

Entretanto, o resultado não agradou a todos. A Rede de Teatros e Produtores Independentes, associação voltada a pequenos e médios produtores não cooperados da capital, expressou sua descontentação com o resultado por, de acordo com a Rede, não ter dado chance hábil para que outros representantes votassem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“É um absurdo porque as entidades foram avisadas duas horas e
meia depois que já havia começado a eleição, então isso é totalmente contra o
princípio da publicidade de um ato público”, declarou um dos representantes do
grupo que preferiu não se identificar, se referindo a publicação de 17 de
setembro do Diário Oficial do Estado de São Paulo com a convocatória.

Perguntado se a Rede de Teatros e Produtores Independentes
pretendia pedir a anulação da eleição, o representante disse ainda não ter uma
posição. Haverá um encontro na manhã desta quinta-feira, 19, com a APETESP, a
Fundação São Pedro e a própria Rede para decidir os próximos passos. A Secretaria
Municipal de Cultura não respondeu aos pedidos de entrevista da reportagem até
a publicação desta matéria.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio