Projeto de Lei propõe tombamento do Tablado como patrimônio cultural e bem imaterial do Rio de Janeiro

Publicado em 10/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Celebrado como um dos palcos mais importantes do Rio de Janeiro, de onde saíram alguns dos principais atores e atrizes da cena teatral carioca, o Teatro do Tablado pode se tornar patrimônio cultural imaterial do estado. É essa a proposta do Projeto de Lei (PL) nº 4.301/2021, protocolada pelo deputado Noel de Carvalho (PSDB) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). 

Fundado pela centenária Maria Clara Machado (1921-2001) há 70 anos, o Tablado é considerado o palco primordial, por onde passaram artistas do quilate de Miguel Falabella, Maria Padilha, Eduardo Martini, Fernanda Torres, Andréa Beltrão, Louise Cardoso, Jacqueline Laurence e Marília Medina, entre outros, no papel de alunos ou professores.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A PL foi publicada no Diário Oficial na última segunda-feira, 07, e agora está apta para entrar em votação na casa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio