Rainer Cadete - Foto: Divulgação
Rainer Cadete - Foto: Divulgação

Best-seller instantâneo lançado pelo historiador em 2018, O Dilema do Porco Espinho investiga a relação do ser humano com a solidão no desenvolvimento da sociedade ao longo dos séculos.

A obra, que retrata temas como a solidão escolhida e a imposta, norteia o primeiro solo da carreira de Rainer Cadete, que dará vida a várias personagens em busca da compreensão sobre o que é a solidão. O espetáculo deve chegar aos palcos em 2021 com adaptação do escritor, dramaturgo e novelista Walcyr Carrasco.

Este será o primeiro solo da carreira do ator, longe dos palcos desde 2017, quando compôs o elenco de Tudo que há Flora, de Luiza Prado, sob a produção da Cia. dos Atores. Em 2018, Cadete arquitetou a montagem de Ouvir e Amar, de Gabriel Chalita, mas o projeto não se concretizou.