Suely Franco viverá a vedete Virgínia Lane em espetáculo biográfico de Cacau Hygino

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não tivesse a pandemia do Coronavírus congelado o setor cultural ao redor do mundo em 2020 (e ainda neste início de 2021), Suely Franco teria entrado em cena para celebrar o centenário de nascimento de Virgínia Lane (1920-2014), uma das principais vedetes da era de ouro do Teatro de Revista do Brasil.

Acontece que a crise sanitária tirou os holofotes da celebração, e os 100 anos da artista passaram praticamente despercebidos. O fim da efeméride, contudo, não desestimulou o dramaturgo Cacau Hygino, autor de A Vedete do Brasil, espetáculo que estreia em 2022 com Suely Franco na pele de Lane.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A obra recria famosa entrevista em que Lane ensinuou ter sido amante de Getúlio Vargas (1882-1954) e ter estado presente no fatídico dia em que o ex-Presidente do Brasil cometeu suicídio em seu quarto no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro.

Ao lado de Franco, a atriz Flávia Monteiro completa o elenco.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio