João e Maria O Muscal - Foto: Adriano Dória
João e Maria O Muscal - Foto: Adriano Dória

Não tivesse a pandemia do novo Coronavírus congelado o mercado cultural no Brasil, fechando tatros o redor do país e paralisando produções, o multimídia Ivan Parente estaria em cena na pele do ator e ex-jurado de programa de calouros Pedro de Lara (1925-2007) no musical Silvio Santos Vem Aí, que encerrou sua breve temporada após duas únicas apresentações no 003 Rooftop do Teatro Santander em São Paulo.

O artista, vencedor do Prêmio Bibi Ferreira, retornará aos palcos a partir deste sábado, 17, compõe o elenco de João e Maria – O Musical, adaptação do clássico homônimo dos irmãos Grimm assinado por Daniela Stirbulov, que também assina a direção do espetáculo com canções inéditas compostas por Fred Silveira.

“Quando eu entrei para os ensaios foi uma alegria, meu humor mudou, tudo mudu. O palco faz com que a gente renove as enrgias. Eu adoro trabalhar om a Fernanda Chamma e ela tá organizando um retomada do teatro musical e dos teatros em São Paulo, e eu me sino muito lisonjeado de ter sido escolhido. E a gente tem que i tentando na medida do possível, com distanciamento, com máscara, mas fazer uma peça linda para as pessoas, eu tô muito emocionado. Só quem teve que parar de trabalhar sabe que é essa sensação de retorno”, declarou Parente.

Na obra, Parente dá vida a Bruxa que aprisiona os irmãos em sua casa de doces e a madrasta das crianças. A temporada acontece no lounge do Teatro D, no Itaim Bibi, zona sul de São Paulo com sessões ao sábados e domingos sempre às 16h.

“A Bruxa e a Madrasta são duas personagens incríveis de fazer, estão no inconsciente das pessoas, e é super difícil porque nunca fiz uma personagem feminina de verdade. Fazer uma mulher para crianças é muito diferente, tem que ter um cuidado, mas elas precisam ser muito doidas, enérgicas. Tô sofrendo, tô exausto, mas tô curtindo”, se diverte o ator.

Com direção geral de Fernanda Chamma e elenco formado por 60 atores mirins, além de Adriano Finti no papel do pai das crianças. Os ingressos, já à venda, custam de R$ 50,00 (meia) a R$ 100,00 (inteira).