Heloísa Périssé e Ingrid Guimarães | Foto: Divulgação
Heloísa Périssé e Ingrid Guimarães | Foto: Divulgação

Em meados de 2001, a dupla de atrizes Heloísa Périssé e Ingrid Guimarães subiram ao palco do Teatro Cândido Mendes, em Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro para estrear Cócegas, comédia de esquetes idealizado para tentar “levantar uma grana” para as atrizes, então ainda buscando seu lugar ao sol.

Do teatro de 131 lugares, a dupla foi evoluindo e chegou a se apresentar no Metropolitan, maior casa de shows do Rio de Janeiro, com 8.450 lugares esgotados para ver a comédia que se tornou um dos maiores fenômenos da história moderna do teatro carioca.

20 anos e mais de 800 mil espectadores depois, a dupla pretende recolocar o espetáculo em cartaz. Anunciado por Ingrid Guimarães durante coletiva de imprensa de seu programa Além da Conta, do GNT, o retorno se concretizará no dia 04 de maio de 2021, exatamente duas décadas após a estreia do espetáculo.

Cócegas não foi apenas um dos grandes sucessos do teatro carioca, mas o grande êxito da carreira teatral da dupla, rendendo uma indicação ao Prêmio Shell de Melhor Texto, um DVD, um espetáculo infantil (Cosquinhas), livro (Os Melhores Momentos de Cócegas, pela editora Objetiva) e uma série de esquetes em outros veículos, como a TV e o cinema. 

Escrito pelas atrizes, Cócegas contou com a direção de Marcelo Saback, Régis Faria, Sura Berditchevsky, Aloísio de Abreu e Luiz Carlos Tourinho (1964-2008). Ainda não há informações sobre o local de estreia, mas está prevista uma turnê pelas principais capitais do país.