Home Agenda Celebrando a Semana da Arte de 22, Teatro Eva Herz reabre as portas e homenageia Sérgio Mamberti

Celebrando a Semana da Arte de 22, Teatro Eva Herz reabre as portas e homenageia Sérgio Mamberti

0
Celebrando a Semana da Arte de 22, Teatro Eva Herz reabre as portas e homenageia Sérgio Mamberti
Sérgio Mamberti - Foto: Divulgação

Com as portas fechadas há dois anos como efeito da pandemia do Coronavírus, o Teatro Eva Herz, em São Paulo, retomará sua programação com a presença do público a partir do dia 15 de fevereiro, terça-feira, quando estreia projeto em que celebra o centenário da Semana de Arte Moderna de 22.

Sob a curadoria do produtor André Acioli, o evento apresentará desde leituras encenadas até bate-papos e um tributo ao ator, diretor e produtor Sérgio Mamberti (1939-2021). A programação estreia com única apresentação do clássico A Alma Imoral, com a atriz Clarice Niskier, que retorna ao palco onde estreou e se manteve em cartaz por mais de 15 anos com o solo baseado no livro homônimo do rabino Nilton Bonder.

Niskier se apresenta no dia 15 às 20h. Já no dia 16, também às 20h, o ator e diretor Elias Andreato apresenta a leitura cênica de Nelson – Uma Entrevista Imaginária, na qual traça um perfil do dramaturgo e jornalista pernambucano Nelson Rodrigues (1912-1980). No dia 17, Nilton Bicudo sobe ao palco com Myrna na 3ª Dose, adaptação do clássico solo Myrna Sou Eu, a partir de textos da clássica personagem criada por Rodrigues, que estreou no palco do Eva Herz há oito anos.

No dia 19, as atrizes Renata Perón e Daniela Sevilha lêem No Meio do Caminho, texto de Luh Mazza sob a direção de Danilo Miniquelli. A apresentação acontece às 16h. Já às 20h, também no dia 19, a atriz Lena Roque lê o solo Autópsia.

Por fim, no dia 20, o teatro recebe a atriz Angela Dippe e o ator Thiago Carreira no espetáculo Maria Thereza e Dener, que joga luz sobre a amizade da ex-primeira dama Maria Thereza Goulart com o estilista Dener Pamplona (1937-1978). A apresentação acontece às 14h, seguida de uma leitura encenada de O Ovo de Ouro, drama de Luccas Papp que marcou o último trabalho de Sérgio Mamberti nos palcos antes da pandemia e antes de sair de cena aos 82 anos.

Sob a direção de Ricardo Grasson, a leitura acontece com o elenco original formado pelo autor ao lado de Rita Batata, Leonardo Miggiorin e Ando Camargo, além de Duda Mamberti voltando ao papel desempenhado por seu pai, e que assumiu na retomada do espetáculo em meados de 2021.

A partir das 18h, o jornalista Dirceu Alves Jr. comanda um bate-papo com o elenco para relembrar o trabalho de Mamberti à frente do espetáculo. Co-autor do livro de memórias lançado pelo ator poucos meses antes de sair de cena, Alves Jr. se une Duda Mamberti e ao produtor Carlos Mamberti a partir das 19h para discutir o legado deixado pelo ator no teatro, na TV e na política, onde atuou em sucessivos cargos dentro do Ministério da Cultura comandado por Gilberto Gil entre 2003 e 2008.

As apresentações de A Alma Imoral e Myrna na 3ª Dose contam com ingressos de R$ 25,00 (meia) a R$ 50,00 (inteira). Já as leituras encenadas são gratuitas.