Mário Bortolotto dirige Bianca Bin e Sérgio Guizé em western teatral no universo online

Obra marca estreia de Bianca Bin no teatro

Publicado em 27/11/2021 09:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Espetáculo seminal na obra do jovem diretor e dramaturgo inglês Jethro Compton, O Homem que Matou Liberty Valance, encenado originalmente em 2015, em Londres, ganhará sua primeira montagem neste 2021, quando estrear na programação digital da plataforma do Teatro Sérgio Cardoso.

Sob a direção de Mário Bortolotto, o espetáculo marcará também a retomada da parceria entre o diretor e o ator Sérgio Guizé, e a estreia da atriz Bianca Bin no teatro. Escrita com base em um dos principais romances do norte americano Dorothy Marie Johnson (1905-1984), famoso por títulos voltados a narrar aventuras do Velho Oeste dos Estados Unidos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Homem que Matou Liberty Valance narra a chegada do forasteiro Ransome Foster na cidade de Twotrees, no Velho Oeste americano em meados de 1890. O jovem chega à cidade carregado pelo velho pistoleiro Bert Barricune após levar uma surra e quase morrer na estrada. Barricune o leva ao saloon da jovem Hallie Jackson, que cuida do forasteiro e o abriga. A relação da dupla se torna a motivação para que Foster enfrente a cidade conhecida pela violência da gangue de Liberty Valance.

O elenco é formado por Bianca Bin, Sergio Guizé, Carcarah, Heloisa Lucas, Eldo Mendes e Walter Figueiredo, além do próprio Bortolotto, que assina também a tradução do texto, que dá continuidade à estética de pesquisa do Cemitério de Automóveis, traçando paralelos entre a dramaturgia contemporânea internacional e a realidade social do Brasil.

O espetáculo cumpre curta temporada digital de 02 a 19 de dezembro, com sessões de quinta-feira a domingo, sempre às 21h. Os ingressos são gratuitos e, todos os domingos, após as sessões, o elenco se reúne para um bate-papo com o público.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio