Eu me Lembro | Foto: João Caldas
Eu me Lembro | Foto: João Caldas

Beste seller lançado em 2004 pelo professor e escritor carioca Luís Sérgio Álvares DeRose, o Mestre DeRose, no qual compila ensinamentos sobre o método que exportou para mais de 60 países ao longo de mais de 50 anos de trajetória na educação, Eu me Lembro foi o ponto de partida para o espetáculo homônimo que chega ao Teatro novo, em São Paulo, a partir deste sábado, 09.

Idealizado por Thais Barbeiro sob a direção de Miguel Hernandez, o espetáculo se passa em um tempo indeterminado, no qual o mundo é regido por uma sociedade matriarcal, evitando conflitos, guerras e batalhas bélicas.

Agendado para chegar aos palcos originalmente em maio de 2020, Eu me Lembro teve a estreia adiada devido a pandemia do novo Coronavírus, que impossibilitou não apenas a presença do público no teatro, mas também o contato do elenco formado por nove atores, entre eles Valdano Sousa, Priscila Schmidt, Péricles Moraes, Matheus Prestes, Marisa Mainarte, Fabio Átila, João Corrêa e Josué Casemiro e Barbeiro.

O espetáculo cumpre temporada até o dia 01 de março, de sábado a segunda-feira, às 18h (sábados e domingos) e às 21h (segundas). Os ingressos custam de R$ 30,00 (meia) a R$ 60,00 (inteira) e o teatro, cumprindo as regras de distanciamento exigidas para o combate ao Coronavírus, trabalhará com a capacidade máxima reduzida a 200 pessoas por sessão.