Home Agenda Samuel de Assis celebra poesia negra contemporânea e obra de Luiz Melodia em estreia online

Samuel de Assis celebra poesia negra contemporânea e obra de Luiz Melodia em estreia online

0
Samuel de Assis celebra poesia negra contemporânea e obra de Luiz Melodia em estreia online
Samuel de Assis em Otelo - Foto: Luciano Alves

Ator que construiu trajetória de destaque ao compor o elenco de obras como Rita Lee Mora ao Lado (2014), Otelo (2015) e Hedda Gabler (2019), Samuel de Assis estreia sua primeira investida cênica no universo online com a montagem de Poesia e Melodia, espetáculo em que celebra a negritude da obra magistral do cantor  compositor Luiz Melodia (1951-2017) e da poesia negra contemporânea.

Buscando um paralelo entre as visões de amor contemporâneo e as presentes nas letras compostas pelo ébano na década de 1970, Assis entra em cena a partir do dia 29 de agosto, sábado, dentro da programação online da Casa de Cultura Os Capoeira, em São Paulo.

“Acabei falando de uma história que é universal por ser uma das minhas histórias de amor”, explica o ator que, desde o final de 2019, tem selecionado poemas de artistas negros contemporâneos e costurando suas histórias para dar vazão a montagem ainda pocket do que deve ser o espetáculo que chegará aos palcos assim que houver o controle da pandemia do novo Coronavírus.

“A partir das poesias que recebi de vários lugares do país eu fiz um trabalho de dramaturgismo para que todas contassem a mesma história. Claro que muita coisa ficou de fora, mas a ideia é que seja um espetáculo vivo, onde as poesias podem ser trocadas o tempo inteiro. Nunca será o mesmo de um dia para o outro. E espero que cheguem mais poetas sempre”, finalizou o ator.

Sob a direção musical de Felipe Roseno e direção geral de Márcio Macena, com quem construiu bem sucedida parceria teatral, Assis interpreta poemas de nomes como Jonathan Raymundo, Ryane Leão, Arthur Diogo, Regina Luz e Larissa Luz e Amarildo Félix, além de suas próprias, entremeadas por um repertório que deve abranger canções como Pérola Negra (1972), Magrelinha (1973) e Vale o Quanto Pesa (1973), entre outras.

Com ingressos gratuitos, Poesia e Melodia cumpre curta temporada de três sessões: 29 de agosto, 04 e 05 de setembro às 22h. A transmissão acontece no canal oficial da Casa de Cultura Os Capoeira no Youtube e no perfil oficial da casa no Facebook.