Yael Pecarovich contesta a condição feminina em solo online baseado em conto de Luciana Bollina

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atriz e cantora que tem no currículo espetáculos do quilate de Rita Lee Mora ao Lado, Otelo e Roque Santeiro – O Musical, além de ser uma das integrantes originais do conjunto vocal Cantrix, Yael Pecarovich estreia no universo online a partir deste domingo, 11, com o solo Graúna, drama baseado no conto homônimo da atriz Luciana Bollina sob a direção de Gláucia da Fonseca.

Na obra, Pecarovich levanta questionamentos acerca da condição feminina, ainda limitante e sufocante ao traçar um paralelo com a figura do pássaro que dá título à obra, conhecido por ter os olhos furados para que possa cantar dentro de gaiolas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sob a direção musical de Márcio Guimarães, Graúna cumpre sessões às quartas-feiras e aos domingos sempre às 21h até o dia 28 de abril. Os ingressos são gratuitos e a transmissão acontece no canal oficial do projeto no YouTube (Gruna Cine Teatro).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio