Zezé Motta traça diálogo com Companhia Nova de Teatro em live nesta quarta-feira

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com mais de 50 anos de trajetória artística entre o cinema, a TV, a música e o teatro, Zezé Motta pretende passar a limpo sua carreira e as opiniões que veio construindo ao longo da vida sobre tema como política, negritude e racismo no Brasil em live agendada para hoje, 17, na série Diálogos, no perfil oficial da Companhia Nova de Teatro no Instagram.

Motta engrossa o time de convidados que já contou com nomes como Sérgio Sá Leitão, Danilo Santos de Miranda, Hugo Possolo, Eduardo Saron e os jornalistas Malu Barsanelli, Dirceu Alves Jr. e Adriana Del Ré, entre outros, que, juntos, construíram fluido diálogo com o diretor Lenerson Polonini sobre as perspectivas do teatro e do setor cultural durante e após a pandemia do novo Coronavírus.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com uma trajetória brilhante tanto no cinema quanto na TV, Motta teve participação importante na construção do teatro moderno ao compor o elenco de espetáculos como Roda Viva (1967) e Arena Conta Zumbi (1969). Sua última passagem pelos palcos foi em 7 – O Musical (2007), espetáculo de acento noir e o primeiro autoral da dupla Charles Möeller e Claudio Botelho.

Desde então, a artista tem se dedicado, principalmente, à música. Lançou os discos Negra Melodia (2011, com repertório dedicado a obra de Luiz Melodia e Jards Macalé) e O Samba Mandou me Chamar (2018, dedicado ao samba), além de ter estreado o show de entressafra Atendendo a Pedidos, com o qual tem viajado o Brasil desde 2017.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio