Cia de Revista investiga democracia e direitos das crianças em nova peça

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Seis meses após estrear Ensaio
Sobre a Lucidez
, espetáculo baseado na obra homônima do Prêmio Nobel de
Literatura José Saramago, para discutir e estudar o direito democrático dos
cidadãos, a paulistana Cia de Revista agora se volta para o mesmo tema norteado
por outro público: o infantil.

Em Desbotou, peça do dramaturgo Marcos Barbosa, sob a direção de Adriano Merlini e Luiza Torres, o grupo se debruça sobre o conto Quando as Cores Foram Proibidas, de Mônica Fetch, e encena a história de uma jovem que arregimenta um grupo para enfrentar as leis de seu país que, governado por um tirano, baniu as cores do mundo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Encenado em versos, o espetáculo conta com canções inéditas
compostas por Edgar Bustamente e executadas ao vivo por um duo formado por Gabriel
Hernandes e Betinho Sodré, e com um elenco de quatro atores: Bruno Lourenço,
Gisele Valeri, Paulo Vasconcelos e Priscila Esteves.

Desbotou finaliza o projeto Tem que Acontecer, que visa a promoção do debate acerca e temas como os direitos dos cidadãos e a democracia. A temporada tem início no dia 13 de julho, sábado, esse estende até 18 de agosto, aos sábados e domingos às 16h no Espaço da Cia de Revista, em Campos Elíseos, zona centra da capital.

Os ingressos custam de R$ 5,00 (para moradores da região), a
R$ 20,00 (inteira), com meia entrada a R$ 10,00. Quem levar um agasalho em bom
estado para doação, também paga R$ 5,00 no ingresso solidário.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio