Chegada de O Bem Amado ao streaming pode aumentar interesse pela obra teatral de Dias Gomes

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Escritor e dramaturgo que se popularizou como autor de algumas das melhores novelas exibidas pela Rede Globo nas décadas de 1970 e 1980, Dias Gomes (1922-1999) chega ao streaming a partir do dia 15 de fevereiro, quando a plataforma GloboPlay disponibilizará a íntegra de O Bem Amado, novela exibida em 1973 e escrita por Gomes com base na peça Odorico, O Bem Amado, escrita por Gomes e encenada originalmente em 1962.

A obra acompanha a saga do prefeito da fictícia cidade de Sucupira, Odorico Paraguaçu, na busca de um corpo para inaugurar sua primeira grande obra: um cemitério. A trama é uma sátira política que critica o coronelato nas pequenas cidades do interior e as façanhas políticas de um líder popularista e totalitário.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Publicada em livro em uma série de edições caprichadas – a última, de 2014, em formato pocket book editado pela Saraiva com prefácio do poeta Ferreira Gullar (1930-2016) -, O Bem Amado ganhou sua última montagem em cena em 2007, em encenação assinada por Enrique Diaz e estrelada por Marco Nanini. A obra inspirou o filme lançado em 2010 sob a direção de Guel Arraes e com o mesmo Nanini no papel título. 

Odorico Paraguaço já havia ganhado vida graças a nomes como Procópio Ferreira (1898-1979), Rolandro Boldrin e Paulo Gracindo (1911-1995), que deu vida à personagem na novela que chega ao streaming neste dia 15, possibilitando ainda a transmissão de obras como O Pagador de Promessas e Roque Santeiro, para citar duas obras do autor originalmente encenadas no teatro e posteriormente adaptadas para a TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio