Destaque em Se Essa Lua Fosse Minha, Letícia Soares assume protagonismo de A Cor Púrpura

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atriz e cantora que vem ganhado destaque na seara do teatro musical desde que despontou na versão tupiniquim do musical O Rei Leão, Letícia Soares passou a ganhar real projeção após o destaque que vem recebendo em Se Essa Lua Fosse Minha, excelente musical que transita com entre o lúdico e o drama, em cartaz no Teatro do Núcleo Experimental, na Barra Funda.

Agora, a atriz assume o papel de Celie, a sofrida protagonista de A Cor Púrpura que, ao dar à luz duas crianças provenientes dos abusos que sofria de seu pai, é obrigada a se casar om um homem que a trata como escrava. Sua vida muda após quando se encontra com outras duas mulheres, uma delas a cantora de blues Shug Avery.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Letícia Soares assume o papel que deu a primeira indicação ao Oscar a Woopi Goldberg nove meses após a atriz e cantora Jennifer Nascimento ter sido anunciada como protagonista do espetáculo. Até então confirmada no elenco, Nascimento deixou a produção – especula-se, para viver uma das personagens principais de Dreamgirls, sob direção de Miguel Falabella – com anúncio feito pelo diretor do espetáculo Tadeu Aguiar.

O espetáculo, que estreou
sua versão musical na Broadway em 2005, chegou a ter versão brasileira
anunciada em 2011, e seria protagonizado por Camila Pitanga e contaria com um
elenco formado por nomes como o ator Milton Gonçalves e a cantora Vanessa
Jackson. A produção não foi pra frente.

A Cor Púrpura, o filme de 1985 sob direção de Steven Spilberg, foi o responsável por popularizar e tornar um standart bluesy o tema Miss Celie’s Blues (Sister), composto por Quincy Jones, Rod Temperton e Lionel Richie, além de render a apresentadora e atriz Oprah Winfrey um Globo de Ouro por seu desempenho como Sofia, uma das mulheres responsáveis por mudar a vida de Celie, e que na versão brasileira será vivida por Lílian Valeska.

O elenco brasileiro conta
ainda com Sérgio Menezes, Jorge Maia, Alan Rocha, Flavia Santana, Ester
Freitas, Suzana Santana, Erika Affonso, Gabriel Vicente, Analu Pimenta, Claudia
Noemi, Thór Junior, Caio Giovani, Gabriel Vicente, Renato Caetano, Nadjane Pierre
e Leandro Viera.

A estreia está agendada
pra o dia 05 de setembro, na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, no Rio de
Janeiro. A direção é assinada por Tadeu Aguiar e a versão do texto é de Arthur
Xexéo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio