Em franca produção, Claudio Botelho prepara espetáculo baseado na trajetória de Getúlio Vargas

Diretor reata parceria com co-autora de espetáculos como Sassaricando e É com Esse que eu Vou

Publicado em 27/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Diretor e versionista mineiro radicado no Rio de Janeiro, Claudio Botelho segue em plena produção após um ano de hiato causado pela pandemia do Coronavírus. O artista já subiu aos palcos para estrelar remontagem do clássico Brasileiro: Profissão Esperança, ao lado da amiga de fé Cláudia Netto, e arquiteta a montagem de Rainhas, musical escrito por Edney Silvestre e estrelado por Betty Faria.

Agora, Botelho já enfileira mais um projeto para a lista de trabalhos – que contam ainda com a futura montagem dos espetáculos Mamma Mia! e O Jovem Frankenstein. O artista volta a se unir a autora Rosa Maria Araújo, parceira em obras como Sassaricando – E o Rio Inventou a Marchinha e É com Esse que eu Vou, ambos idealizados e produzidos em parceria com o jornalista, escritor e pesquisador Sérgio Cabral, para encenar obra baseada na vida e na trajetória política de Getúlio Vargas (1888-1954).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Intitulado Nas Ondas de Vargas, o espetáculo ainda não tem data confirmada para estrear, mas, na toada de produção na qual Botelho se envolveu, não seria surpresa se a obra chegasse aos palcos ainda em 2021.

Em post em seu perfil oficial no Instagram, o diretor ainda sinaliza para parte da ficha técnica, que deverá contar com o eterno parceiro Charles Möeller e a direção musical do músico e componente da Barca dos Corações Perdidos, Alfredo Del-Penho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio