Home Destaque Kiara Sasso e Fabi Bang estrelarão nova temporada de Cinderella

Kiara Sasso e Fabi Bang estrelarão nova temporada de Cinderella

0
Kiara Sasso e Fabi Bang estrelarão nova temporada de Cinderella
Kiara Sasso e Fabi Bang

Atrizes e cantoras que construíram trajetórias estelares no teatro musical brasileiro, Kiara Sasso e Fabi Bang dividirão a cena pela primeira vez na nova temporada do espetáculo Cinderella, da dupla de autores Richard Rodgers (1902-1979) e Oscar Hammerstein II (1895-1960). A obra, que ganhou montagem no Brasil em 2016 sob a direção de Charles Möeller e Claudio Botelho, ganhou diversas temporadas entre São Paulo e Rio de Janeiro e entrou em turnê pelas capitais do Brasil.

A montagem retorna a São Paulo em 2021 com temporada a partir de agosto, no Teatro Procópio Ferreira, de acordo com matéria postada hoje no blog do jornalista Ubiratan Brasil, do Estado de São Paulo. 

Bang dará vida à personagem título, que já foi vivida por nomes como Bianca Tadini, Bruna Guerin e Lina Canineu, e Sasso assumirá o papel que foi desempenhado, desde a primeira temporada, por Ivanna Domenyco. A produção ainda será assinada por Renata Borges, da Touché Entretenimento.

O encontro inédito da dupla tem causado burburinhos nas redes e fóruns de discussão sobre teatro musical porque, em 2016, as atrizes se viram em meio a picuinha midiática que criou tensão alimentada muito mais por base de fãs do que necessariamente pelas artistas. 

Nome pioneiro na revitalização do teatro musical no Brasil, Sasso deu vida à personagens clássicas, como as protagonistas de A Bela  a Fera (2002), O Fantasma da Ópera (2004), A Noviça Rebelde (2006), Mamma Mia! (2011) e Jekyll & Hyde – O Médico e o Monstro (2013), além de ter construído parceria profícua com o diretor e ator Lázaro Menezes, com quem produziu e escreveu obras como O Palhaço e a Bailarina e Um Sonho de Natal e os shows Silhuetas, Just 4 Show. Em 2017 deu seu primeiro passo fora do teatro musical, na montagem do drama A Audição, de James Johnson.

Já Bang tem carreira também sólida nos musicais, tendo conquistado o prestígio da crítica com sua performance em Kiss me Kate – O Beijo da Megera, e o sucesso popular graças à montagem brasileira do blockbuster juvenil Wicked. Desde então, produziu shows ao lado da amiga de fé Myra Ruiz (Desafiando a Amizade), protagonizou  montagem brasileira de A Pequena Sereia e deu seu primeiro passo fora da seara dos musicais neste 2020, também em um drama, O Canto de Ninguém, de Luccas Papp.