Maria Luísa Mendonça e Eduardo Moscovis voltam a Um Bonde Chamado Desejo após sete anos

Atores revivem personagens em leitura cênica durante Mostra de Repertório da Empório Sortido

Publicado em 25/01/2022 11:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Espetáculo montado em 2015 e celebrado como um dos melhores daquele ano, a encenação de Rafael Gomes e seu Empório de Teatro Sortido para o clássico Um Bonde Chamado Desejo, de Tennessee Williams (1911-1983) angariou não apenas o sucesso de público e crítica, mas também consagrou o diretor, que recebeu o Prêmio Shell ao lado de sua estrela, Maria Luísa Mendonça, que reinventou a histórica Blanche DuBois, abocanhando ela mesma também um Shell.

Com elenco estelar, formado ainda por Eduardo Moscovis, Virginia Buckowski, Donizeti Mazonas, Fabrício Licursi, Fernanda Castello Branco e Matheus Martins, o espetáculo cumpriu sucessivas temporadas até sair de cena em 2018, consagrado tanto no Rio de Janeiro quanto em São Paulo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, quase uma década após a estreia, Maria Luísa Mendonça e Eduardo Moscovis retornam aos icônicos papéis de Blanche e Stanley criados por Williams em 1947 e imortalizados no cinema por Vivien Leigh (1913-1967) e Marlon Brando (1924-2004) no filme de 1951.

Os atores compõem o elenco da leitura cênica de Um Bonde Chamado Desejo agendada para acontecer no dia 05 de fevereiro na TUSP, em São Paulo, dentro da programação da Mostra de Repertório idealizada para comemorar (com atraso) os dez anos de atividade da Cia. Empório de Teatro Sortido, de Rafael Gomes e Vinicius Calderoni.

A leitura contará com o elenco original, com a adesão de Davi Novaes substituindo Martins, e sessão gratuita a partir das 18h.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio