Solo inédito estrelado por Edson Montenegro chega à rede menos de um mês após ator sair de cena

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pouco menos de um mês após o ator, diretor e cantor carioca Edson Montenegro sair de cena vítima de complicações da covid-19, chega à rede Porta Entreaberta, solo inédito escrito pela dramaturga amazonense Priscilla Conserva sob a direção de Debora Dubois que o artista registrou antes de ser internado no dia 12 de março e falecer aos 64 anos, no dia 21.

Na obra, Montenegro vive um homem de meia idade inquieto graças ao isolamento exigido pela pandemia que trava diálogos constantes com uma figura que já não se encontra mais presente. Todo o solo é costurado por canções do repertório do compositor Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior (1945-1991), o Gonzaguinha.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gravado ainda em fevereiro, Porta Entreaberta estreia no dia 15 de abril, quinta-feira, se firmando como o primeiro espetáculo teatral póstumo de um ator. A temporada se estende até o dia 24 de abril, sempre às 19h30, com transmissão via Zoom. Os ingressos são gratuitos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio