Thereza Andrada alinhava montagem de segundo texto que dá prosseguimento à obra dramatúrgica da artista

Dramaturga conserva diálogo com o público jovem em espetáculo que deve estrear em 2022

Publicado em 27/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atriz e dramaturga paulistana, Thereza Andrada estreou seu primeiro texto neste 2021 acolhida pelo vasto universo online que vem ambientando os espetáculos produzidos como meio de sobrevivência do mercado cultural desde que a pandemia do Coronavirus congelou produções e obrigou a adoção de medidas de isolamento e distanciamento social.

Com texto delicado e montagem que marcou também a estreia da atriz e cantora Renata Ricci no campo da direção solo, Todas as Pétalas que Chorei por Você ganhará uma sucessora a partir de 2022, quando Andrada pretende pôr em cena texto previamente intitulado Máquina do Tempo, no qual mergulha em histórias reais para tratar de temas como as relações familiares, as experiências do amadurecimento e a acolhida do público jovem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao que sinaliza a proposta, a obra deve conversar com o título anterior, um tratado sobre as três fases de um relacionamento, desde seu início, passando pelo momento morno e seu final. A princípio, a obra contará com a direção do encenador paulistano Ademir Emboava.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio