Lara Córdulla volta a encenar online solo que lhe rendeu indicação ao APCA

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 2019, ao entrar em cena no Instituto Cultural Capobianco para apresentar para plateias cheias Dolores, solo escrito e dirigido por Marcelo Várzea, Lara Córdulla conseguiu não apenas uma de suas interpretações mais marcantes, mas angariou também indicações a prêmios e críticas elogiosas a este que é considerado um de seus momentos mais luminosos em cena.

A atriz agora retorna ao solo – que lhe rendeu uma indicação ao Prêmio APCA de 2019 – em live cênica agendada para hoje, 17, dentro do projeto Solos Femininos da Rede de Leituras de Marcello Airoldi e Thiago Albanese, que já apresentou leituras de nomes como Amanda Acosta e Ângela Figueiredo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com sessão agendada para às 20h no perfil oficial da Rede no Instagram (@rededeleituras), Córdulla se prepara para sua segunda incursão nas lives cênicas. A primeira foi em março, quando o movimento do teatro digital e das lives cênicas ainda engatinhava e tentava angariar espaço frente a crítica ferrenha de puristas.
Escrito especialmente para atriz, Dolores narra a história de uma atriz que decide se aposentar, mas, antes, realiza um encontro com colegas, amigos e membros da imprensa para passar sua história a limpo e assim não ser esquecida.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio