Home Destaque Nicole Cordery estreia no mercado literário com romance em que narra herança maldita após fatalidade

Nicole Cordery estreia no mercado literário com romance em que narra herança maldita após fatalidade

0
Nicole Cordery estreia no mercado literário com romance em que narra herança maldita após fatalidade
Nicole Cordery - Foto: Patricia Canola

Um dos nomes mais atuantes do teatro paulistano, que potencializou o número de produções nas quais esteve envolvida durante a pandemia, Nicole Cordery inovou quando, em busca de novas linguagens e formas de exercer seu ofício, mergulhou sem rede no universo digital, de onde emergiu com obras como Pandas… ou Era uma Vez em Frankfurt e Terra Medeia, além do multimídia Plantonista Vilma.

Agora, a artista se lança em nova experiência ao estrear no mercado editorial com a edição de Cadernos de Viagem Herdados, livro no qual promove a intersecção entre linguagens, ao romancear crônicas de viagem escritas a partir de apanhado de memórias de uma série de viagens feitas ao longo da vida.

Sob a edição da Claraboia – editora especializada na publicação de autoras femininas -, o livro põe em cena uma personagem que recebe os cadernos de viagem de uma prima, morta prematuramente por complicações da Covid-19, na qual narra as experiências que angariou ao longo da vida de viajante.

Os cadernos chegam à mão da personagem por um pedido da própria prima a seu marido, como meio de incentivar a prima a publicá-los e, assim, servir de exemplo para outras mulheres se lançarem a experiências ao redor do mundo.

As crônicas apresentam passagens como uma viagem à Londres acompanhada de sua mãe para assistir à sua peça favorita – e o fato de ter comprado os ingressos para o espetáculo errado -, ou uma viagem em meio ao tráfego aéreo interrompido após a erupção de um vulcão na Islândia. 

As crônicas se misturam com memórias que a personagem guarda da prima, como sua figura ainda criança numa festa junina na casa da família em Teresópolis, ou adolescente no Carnaval com os amigos em Ouro Preto (MG), ao som de Caetano Veloso e Cartola (ano), ou ainda a mulher “madura” que bate-boca com um motorista argentino que a impede de usar o banheiro do ônibus.

Com lançamento agendado para março, Cadernos de Viagem Herdados contará com edição física e digital, e terá tarde de autógrafos na Casa das Rosas, na Avenida Paulista, no dia 20 de março, das 16h às 18h.